Curitiba 20


1-br-curitiba

O primeiro trecho dessa viagem pode ser resumido com as palavras: esperança e aprendizado.

Primeiro, uma ótima carona do amigo Severo, parceiro de futebol, ciclismo e viagens. Segundo ele, uma bike nunca coube tão perfeitamente na Saveiro como essa minha.

Porém, o plano de pegar o vôo das 17h20 da Avianca foi pelos ares quando mostrei a carga na área de despache de bagagem: bicicleta (23kg) e “malas” (19kg). Não haveria tempo de pagar a taxa extra e encaixar a bike no avião. Precisei remarcar a passagem para às 21h40.

1-br-curitiba-carga

Cada passageiro tem direito a 23kg de carga no “porta-malas” do avião e mais 5kg na bagagem de mão. Cada kg extra custa R$ 15,00. Até parece transporte de ouro ou drogas.

Os R$ 275,00 por 19kg de bagagem extra não me pareceram justos, então comecei a procurar uma boa alma que se dispusesse a incluir essa carga extra para mim. Alguém que estivesse com pouco peso.

E eis que apareceu o Marco!

1-br-curitiba-marco

Expliquei o contexto para ele e como sei que há riscos em levar a bagagem de algum desconhecido (armas, drogas, dinheiro etc), o deixei à vontade para vasculhar a minha bagagem. E a sua resposta:

– Não precisa, eu confio em você.

Rapaz, ali eu fiz um amigo. O Marco é carioca e vive em Araucária, região metropolitana de Curitiba. Gente do bem, estava com muitas saudades da esposa e do gurizinho, o Danilo. Fico na torcida para nos encontrarmos novamente!

Durante o vôo sentei ao lado de dois figuras. Um deles havia acabado de participar de um processo seletivo para ser comissário pela própria Avianca, mas segundo ele foi reprovado por não tirar o paletó da maneira correta. Contamos esse caso para as comissárias no avião e elas apenas sorriram e disseram: não deve ter sido apenas por isso.

Cheguei em Curitiba e a bike só terminou de ser montada após às 23h30. Passei a noite no aeroporto, onde conversei com tanta muita gente bacana. Fui tratado com muita simpatia e alegria pelos guardas e taxistas do aeroporto, além de alguns viajantes. E que noite fria.

1-br-curitiba-aeroporto

Em Curitiba, utilizei o CouchSurfing e fiquei hospedado na casa da Adriane. Ela me recebeu extremamente bem, me senti em casa. A Wayna, uma cachorra que não vale nada, ajudava a deixar o ambiente ainda melhor.

1-br-curitiba-wayna

Para completar, chegou um casal da França que está viajando de Kombi com o Marvel, o cachorro da língua azul.

SONY DSC

Conheci também os pais da Adriane, duas pessoas muito agradáveis e bem humoradas.

Abaixo a mãe da Adriana, Ane, e o francês Remy, num momento que poderia ser um comercial de tecnologia com o slogan: Para todas as idades!

E a namorada que não é boba também fez a sua versão.

Dri: muito obrigado por tudo e muitas felicidades para vocês, sempre!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 thoughts on “Curitiba

  • Marco Damazio

    Não poderia deixar de ajudar alguém com uma proposta pessoal gigante como a sua. Pra muitos, seu pedido é um tanto perigoso e ariscado de aceitar, mas meu primeiro sentimento foi, “preciso ajudar”. Pra minha surpresa era seu aniversário. Fiquei muito feliz com sua história e plano de vida a curto e a logo prazo. Desejo toda sorte do mundo. Estarei lembrando de você nas minhas orações pedindo proteção e iluminação dos caminhos por onde andarás. Agora com a família completa gostaria de dizer que estamos viajando junto com você. Até daqui a pouco.

    • Factivel Autor do post

      Certamente você foi muito corajoso e bondoso, Marco. Como você disse: o teu instinto de carioca fez bom juízo de mim… risos. Eu creio que a nossa vida seja muito como a natureza, onde quem planta sementes de limão, colhe limões. Agradeço demais pela força, pelo ótimo papo, e desejo que você possa estar por perto da sua família sempre pois essa é a base da vida. O teu menino tem muita sorte pois você é um ótimo pai. Até breve!

  • Anna Rizzo

    É isso aí. Boas energias atraem pessoas do bem. Belo presente de aniversário toda a receptividade do 1o. dia. Desejo q vc tenha mta luz em toda sua viagem. Aqui ficarei torcendo c mtas sdds, porem demasiadamente realizada ao ver seus planos sendo concretizados. Bjs carinhosos.

    • Factivel Autor do post

      Pois é, Anna. A melhor receptividade possível, desde o início. Muito obrigado por tudo, você é muito importante para mim. E começa a preparar o motor home de vocês 🙂 Beijos

  • Lélia Rizzo de Oliveira

    Rubens, gente do bem acaba encontrando pessoas boas e solidárias em seu caminho. Qtas e qtas pessoas vc já hospedou em seu apto!!!! Com certeza vai encontrar pessoas que o acolham com o mesmo carinho que vc dispensava a seus hóspedes.
    Desejo mta sorte nessa viagem e que vc faça mtos amigos e volte com mtas histórias boas histórias pra contar, como foi essa no embarque para Curitiba, que foi um verdadeiro presente de aniversário. Agradeço ao Marco , boa alma, pelo que fez por vc. Grande beijo. Saudade.

    • Factivel Autor do post

      Lélia, muito obrigado pelas palavras e pela torcida. Certamente há muita gente do bem por esse mundão e as experiências com essas pessoas serão incríveis. Você tem razão, tive o privilégio de hospedar muitos viajantes e cresci demais com isso. São momentos que todos deveriam ter pois lidar com pessoas de todos os cantos faz com que muitos mitos sejam desfeitos. Sobre o Marco, sem palavras. Beijos, até!

  • Dario Lucchesi

    Muito legal, Rubens. Pode ter certeza que estarei aqui acompanhando a sua jornada mundo afora. Que Deus te proteja nessa sua missão. Um abraço do amigo, Dario.

    • Factivel Autor do post

      Muito obrigado, meu amigo Dario. Jogamos muita bola juntos, muita mesmo. Se somar os kms rodados em campo, creio que já demos a volta ao mundo juntos 🙂 Muito obrigado e nos vemos. Abraços, amém!

    • Factivel Autor do post

      Pois é, André… risos. Meu amigo, e há muita gente disposta a ajudar. Com o Marco foi instantâneo, contei sobre o projeto e ele abraçou a causa sem titubear. Gente boa não falta. E pode colocar a dica no site dos Pedarilhos 🙂 Abraços, até!

    • Factivel Autor do post

      Com certeza, meus amigos! Um início cheio de emoções e alegrias. Mas com um pouco de medo também… risos. Que privilégio vocês: um casal de cicloturistas 🙂 Abraços, nos encontraremos logo!

    • Factivel Autor do post

      Muito obrigado pelo apoio e pelo convite, Abilio. Todos os meus hóspedes, que certamente se tornaram meus amigos, são parte dessa viagem pois me empurraram de alguma maneira. Dessa vez estou a caminho do sul, mas na volta certamente te visitarei. Abraços, amém!

  • Bárbara Mendonça

    Irmão, tô aqui na torcida por você. Desejo que seu caminho seja iluminado… já está sendo né rs. Fico mto feliz por você . Não deixe de postar! Beijos